Avaliação Patrimonial - Parque Estadual do UAIMIÍ - Ouro Preto/MG

Publicado em: 20/12/2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O objetivo deste trabalho, ateve-se à expressão de opinião sobre o VALOR DE MERCADO para algumas PROPRIEDADES RURAIS denominadas AJUDAMATA-PAU, TAPERA e PAIOL, situadas no Município de Ouro Preto/MG, que formatam e compõem o "FLORESTA ESTADUAL DO UAIMIÍ". Para tanto, foi levado a efeito um estudo e levantamento de suas características de constituição, bem como, respectivos perfis e potenciais comerciais no mercado específico. O acesso ao bem avaliando se fez, em parte, por vias pavimentas, compreendidas por Rodovias Estaduais e Municipais, e, parte desprovidas de pavimentação, no perímetro compreendido entre a sede do Município de Ouro Preto, e, os Distritos de São Bartolomeu e Cahoeiro do Campo.

O imóvel avaliando situa-se na parcela Noroeste do Município de Ouro Preto/MG, formatando uma parte do MOSAICO DE PRESERVAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS, perfazendo aproximadamente 25.000ha,  de áreas protegidas na região do QUADRILÁTERO FERRÍFERO do Estado de Minas Gerais, abrangendo a Área de Proteção Ambiental - APA Estadual, Cachoeira das Andorinhas, o Parque Estadual do Itacolomi, a Estação Ecológica do Tripuí, o Parque Municipal das Andorinhas, e, a Flotesta Estadual do UAIMIÍ.

Valendo ressaltar, que, uma Floresta Estadual é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável, sendo de posse e domínio públicos, caracterizando-se por uma área com cobertura florestal de espécies, predominantemente, nativas, e tem como objetivo básico, o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas.

Por se tratar de uma unidade de uso sustentável, permite a exploração do ambiente, de maneira a garantir a perenidade dos recursos ambientais renováveis, e dos processos ecológicos, mantendo a biodiversidade e os demais atributos ecológicos, de forma socialmente justa e economicamente viável. Esta Unidade de Conservação (Floresta Estadual do Uaimií) tem características diferenciadas das áreas protegidas mais restritivas, como parques, monumentos naturais e reservas particulares do Patrimônio Natural, pois, permite o manejo sustentável dos recursos, principalmente, os florestais.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, as florestas brasileiras desempenham por meio da oferta de uma variedade de bens e serviços, no âmbito nacional e mundial, importantes funções sociais, econômicas e ambientais. Ocupam cerca de 61,5% do território brasileiro, e estão distribuídas por biomas com características particulares.

Proporcionam desse modo abrigo para a fauna, conservação dos recursos hídricos, produtos florestais madeireiros e não madeireiros, conservação da biodiversidade e do solo, estabilidade do clima e uma gama de valores culturais.


Para o presente caso, o método avaliatório proposto foi o MÉTODO COMPARATIVO DE DADOS DE MERCADO - aquele que define o valor através da comparação de dados de mercado, assemelhados quanto às características intrínsecas e extrínsecas das amostragens, utilizando-se de universo amostral obtido através da coleta de dados no mercado de propriedades rurais no Município de Ouro Preto/MG e região circunvizinha.

Cel.: (31) 99601-7637 - Com.: (31) 3166-9676

vitor.souza@componente3.com.br / componente3@componente3.com.br